Páginas

Participe você também!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

RÁDIO MANDRADE



Olá Pessoal!

 
                Queremos divulgar uma informação importante para todos os visitantes do nosso blog: a Rádio Mandrade voltou!!!

                Os alunos mais “velhinhos” que passaram por nossa escola, devem ter uma breve lembrança da época de criação da rádio, em que foi realizada votação para escolha do nome. As programações eram divulgadas no horário de recreio, mas por conta das empolgantes e barulhentas atividades feitas durante esse período, poucos conseguiam prestar atenção às informações que estavam sendo passadas. Por conta disso, hoje, a Rádio Mandrade é gravada em CDs que circulam pela escola e todos têm a possibilidade de ouvir as programações em suas salas de aula, no momento em que o professor julgar mais adequado.

                Abordamos uma série de assuntos: há divulgação dos conteúdos escolares (lembretes, dicas, projetos que estão sendo desenvolvidos na escola), aniversariantes do mês, curiosidades (baseadas em feriados que acontecem durante o mês), piadas e os pedidos musicais. Os alunos podem indicar as músicas de sua preferência e fazemos um sorteio para escolha.

                Nossa rádio é elaborada pelos alunos monitores, que vêm à escola em período contrário ao de aula, para auxiliarem os alunos da comunidade da terceira idade que fazem aula de informática no período da manhã. Temos encontros de uma hora, toda semana, para elaborarmos a rádio.

                É muitoooooo trabalhoso fazer uma rádio, demoramos cerca de 15 dias para conseguir concluir as pesquisas e fazer as gravações. Mesmo assim, temos trabalhado com muito empenho, pois o retorno da escola tem sido bastante positivo.

                Esperamos que apreciem os programas da rádio finalizados nesse ano de 2015 e acompanhem nossas programações no ano de 2016.

                Grande abraço a todos, boas festas e férias divertidas para todos!


                                                    
Prof. Simone Leal (Laboratório de Informática).

OFICINA DE PIXILATION



Olá galerinha!
 

                Como o ano de 2015 já está no fim, gostaríamos de registrar algumas ações que fizeram muito sucesso em nossa escola e que provavelmente servirão como base para a criação de novas atividades em 2016. Então, vamos lá...

 
                Mas, o que é Pixilation?

De acordo com a Cartilha Anima Escola, é uma técnica particular de animação que usa pessoas e outros seres vivos para realizar animações. Seu nome esquisito vem do inglês, de uma expressão pouco usada mesmo nessa língua, “pixilate”, que quer dizer “enfeitiçar”, “eletrizar”. Não tem nada a ver com o “pixel” do computador, como muitas pessoas imaginam. Para elaborar um filme com a técnica de pixilation, se faz necessário que os personagens sejam minuciosamente fotografados em cada ação planejada, para que ao reproduzir as fotos, tenha-se a sensação de movimento.

                Pensando em oferecer uma atividade diferenciada das trabalhadas em sala de aula, no mês de agosto a Prof. Simone do Laboratório de Informática, iniciou a Oficina de Pixilation com os alunos dos 5ºs anos de nossa escola. O resultado foi excelente.

                Apreciem os vídeos e tentem imaginar o trabalhão que os alunos tiveram para chegar nesse resultado.

 
                 O primeiro vídeo mostra a história de um chefe de cozinha que teve um problema na preparação de um prato e a comida acabou ganhando vida...


 

 

           

                 O segundo vídeo retrata um caso de bullying em uma escola. O que ninguém imaginava...

 
                                         
Beijos, Prof Simone Leal (Laboratório de Informática).

TRABALHANDO COM O ART PAD


                 No último trimestre de 2015, os 3ºs anos A e B (períodos manhã e tarde) fizeram a ilustração do texto “A carta e o índio”, que estava sendo trabalhado em sala de aula. Usamos o Art Pad (programa para criação de desenhos, no qual é possível avaliar os traçados feitos até a conclusão da criação) e tivemos como produto final, dois filmes bem bacanas. Vejam só...


 
 


Beijos, Prof. Simone Leal (Laboratório de Informática)


FOTONOVELA: A CIGARRA E A FORMIGA

                
                As professoras Queli e Simone Leal resolveram trabalhar com a fábula “A cigarra e a formiga” de uma maneira diferenciada, priorizando a participação dos alunos, usando o teatro.

                Deem uma olhadinha no resultado maravilhoso que tivemos...


 

 

Beijos, Prof. Simone Leal (Laboratório de Informática)

domingo, 20 de dezembro de 2015

O Girassol


         Para comemorar a entrada da estação “Primavera”, a turma da Prof.ª Sueli ouviu histórias que falavam sobre girassol e viram as ilustrações de várias flores, das quais elegeram o girassol como a mais bonita.

Na roda de conversa foi combinado o plantio do girassol no jardim da escola (com a professora Helenice) e as crianças puderam acompanhar o seu desenvolvimento com a professora Sueli. Quando surgiu a primeira flor a turma estava fazendo apresentação coletiva no palco da escola com a música de Vinicius de Moraes, “Girassol”, e foi emocionante: ao término da apresentação foram até o jardim comemorar o ocorrido.

A professora, então, trouxe a obra de Van Gogh, “Os Girassóis”, para que pudessem apreciar e comentar. Gostaram tanto que dentre as obras do autor essa foi escolhida para a releitura.

As crianças também tiveram a oportunidade de ouvir a história do livro “O Girassol Solitário”, da escritora Sandra Diniz Costa, da Editora Claranto, que trata sobre a importância da amizade. 


Prof.ª Sueli
Infantil IV B

sábado, 19 de dezembro de 2015

2° Campeonato ARKOS de Leitura no Mário de Andrade



                  O Campeonato ARKOS aconteceu este ano entre os dias 16 de março a 30 de outubro e movimentou a vida de alunos do 2º ao 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas e particulares em todo país.
                No dia 11 de dezembro de 2015, os alunos do 2° Ano do Ciclo I A, período da manhã, da Professora Alexandra, receberam seus certificados pela participação e pelo seu 2° lugar no ranking das escolas inscritas de todo o Brasil.
                Os alunos Ryan Veloso Tavarez e Maria Fernanda Vieira Santos destacaram-se nas pontuações e receberam certificados de 2° e 3° lugar respectivamente na categorial individual.
                Para a professora Alexandra o envolvimento dos alunos bem como o de alguns pais no campeonato repercutiu na melhora da leitura e interpretação de textos. Além disso, houve ampliação no repertório, o que influenciou a riqueza de detalhes nas produções de textos. É importante destacar que a professora participa desde o ano passado neste projeto e tem alcançado bons resultados no ranking. No ano anterior, o 2º ano do ciclo II, também da professora Alexandra, alcançou o primeiro lugar.
                Vale destacar o relato da Silma, mãe do aluno Ryan Veloso Tavarez:
                “Desde que a professora Alexandra convidou os alunos a participarem do projeto ARKOS, o Ryan se interessou de imediato. No início ele lia os livros direcionados às turmas do 2° e 3° anos. Conforme foi conquistando as pontuações, adesivos e medalhas, o seu fascínio foi aumentando, passando a se entusiasmar pelos livros das turmas de 4° e 5° anos. E nesse momento, a família já estava toda envolvida.
                Eu e o meu marido (Roberto Tavares) fazíamos rodas de leitura para auxiliar o Ryan com os livros mais complexos para a idade dele. E desse ponto surgiram: pequenas interpretações teatrais (inspirados no livro do Capitão Cueca), jogo de acertos (no momento em que o Ryan respondia as perguntas do ARKOS (nesse momento o seu irmão Kauan de 5 anos era o juiz); além de um momento ímpar de união familiar.
                A importância do projeto ARKOS para o meu filho Ryan foi muito além dos benefícios que a leitura insere na vida de uma criança; foi algo a respeito da sua capacidade, empenho, força para não desistir e, acima de tudo, uma compreensão de que a sua família durante todo esse campeonato esteve ao seu lado.
                E esses valores nos faz concluir que nenhuma medalha ou pontuação supera esse momento no qual eu e minha família tivemos o privilégio de participar.”
Roberto João Julião Junior
Agente de Biblioteca e Arquivo
Biblioteca Escolar Interativa Mário de Andrade

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Projeto “TIM Faz Ciência”



Observar


 
                O que é observar: ver uma coisa com muita atenção. Se a gente pode, passar a observar as coisas.

                Quando a gente observa a gente aprende coisas novas e assim podemos compartilhar com nossos amigos, fizemos muitas tarefas sobre observar e isso pode nos ajudar no nosso dia a dia.

                Nós fizemos muitos grupos para observar crianças e para ajudá-las.

                Nós fizemos muitas brincadeiras com o 1° Ano e também gostei de observá-los.

                Ao observar temos que dar muita atenção com o que acontece na nossa frente e do nosso lado. Observar já me ajudou várias vezes e acho que ajudou outras pessoas a observar.

                Sabemos que nunca podemos culpar antes de observar.

                Observar é muito legal, por isso sempre devemos usar esse elemento no nosso dia a dia.

Beatriz Oliveira Adami
Emanuella Elisa Fernandes dos Santos
Lorena Di Sessa Alves
Maria Eduarda Oliveira Bizzi
Alunas do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Verificar

                No nosso percurso sobre “verificar”, lemos duas histórias de verificar, interpretamos os textos e aprendemos que depois de observar temos que verificar. Com ele aprendemos a observar melhor, a verificar, a classificar, a questionar, a definir, a aplicar e a generalizar.

                Para nós, as atividades do projeto “TIM Faz Ciência” foram muito interessantes, mas além de tudo o momento que a gente tem que trabalhar em grupo.

                Esse projeto nos ensinou muitas coisas; o que mais gostamos foi o de observar e verificar.

Julia Gabriele Marques Zaccarias
Laís Regina Almeida Viana
Pedro Henrique Araujo Lins
Pedro Victor Pereira
Alunos(a) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

 

 


Generalizar

                Generalizar significa tornar geral, por em prática, fazer acontecer. Generalizar é divertido, mas não é possível generalizar tudo, quando alguém faz alguma coisa que não sabe utilizando o que já sabe e consegue resolver, isso é generalizar.

                Fazer alguma ideia, conhecimento, regra ou funcionamento valer para várias coisas, como estudar e trabalhar, isso é generalizar. Generalizar ajuda em muita coisa.

Murilo Vaz Santiago dos Santos
Iris dos Santos Juliano Grana
Giovane de Almeida Amaral
Alunos (as ) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

 

Definir

 
                Aprendemos que “definir” é importante para encontrar um caminho e dele traçar metas para chegarmos a nossos objetivos. O importante deste projeto para nós está associado com uma série de fatores que nos faz pensar antes de agir, definir metas e segui-las com êxito, entender que somos seres pensantes e que necessitamos ter diferentes abordagens.

Nas aulas do projeto, junto com nossa professora, aprendemos e vivenciamos questões corriqueiras; foi muito legal e bem produtivo... Percebemos que DEFINIR é muito mais simples do que imaginamos.

 
Rodrigo Yudi Toi dos Santos
Guilherme Matos Fernandes Leite
João Pedro Barbosa Rodrigues
Alunos (as) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

 
Questionar

 
                Nas aulas sobre “questionar” descobrimos que questionar não é só perguntar, mas também é argumentar. Nós, nas aulas sobre questionar, perguntamos a nós mesmos como e quando questionar? E se questionarmos errado será que vai influenciar na resposta?

                Tudo isso que nós aprendemos é para termos um futuro próspero e ter uma profissão que desejamos. A parte “questionar” o livro nos fez propostas interessantes, como criar perguntas que você imaginava que o rei fez a si mesmo.

                Fizemos perguntas como: quem será que consegue fazer uma pergunta sem resposta? Será que acharei algum pretendente que seja inteligente para casar com minha filha e governar o reino sabiamente?

                As coisas que o item “questionar” nos ensina é sermos corajosos o suficiente para conseguirmos questionar corretamente.

 

Maria Eduarda Gonçalves de Oliveira
Enrico Cutri dos Santos Carrasco
Vítor Felipe de Paula
Alunos (as) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

 

Classificar

 
                O que é “classificar”: viemos contar um pouco para vocês...

                Nós estudamos sobre “classificar” e achamos que é legal, interessante e importante. Classificar é separar coisas diferentes das outras, mas também é colocar coisas parecidas juntas. Antes de classificar precisamos observar, pois nem tudo é o que parece.

                Para saber o que é bom ou ruim, classificar é muito importante. No momento em que fizemos essa parte, aprendemos o que significa. Como por exemplo, separar os brinquedos que têm rodas e os que não têm. São dois grupos que estão separados.

                Classificar é muito importante.

 
Kauê Carnevale Goularte Alves
Letícia da Silva Souza
Yasmin Brandão dos Santos
Pedro Paulo Souza Ponce
Alunos (as) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

 

Aplicar

 
                Aplicar é uma junção de coisas, primeiro você observa a palavra, depois classifica, define, questiona a palavra a si mesmo e aplica.

                Nós achamos que “aplicar” é necessário para aprender sempre mais, todos são muito importantes: observar, verificar, definir etc.

                Nós do grupo “aplicar”, sabemos que ele não é mais importante que observar, porque observar está em todo lugar.

                Aplicar também é muito importante, exemplo:

·         Vontade de passar de ano;

·         Vontade de fazer uma boa faculdade;

·         Vontade de ter um emprego;

·         Se você não aplicar, você não será nada na vida.

 


Luiz Gustavo Andrade Pena
Fernando Domingues Freitas
Higor Akiossi do Nascimento
Iara Cardoso dos Santos
Alunos (as) do 1° Ano do Ciclo II A – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Sistema Solar


                   O infantil IV, da professora Sueli, fez um projeto muito interessante sobre o sistema solar. 

                 Esse projeto surgiu quando estavam fazendo uma pesquisa sobre o fogo e tiveram a curiosidade de saber se o meteoro pegava fogo.

                Aprenderam que Plutão é o Rei dos Mares e também tiveram conhecimentos sobre os planetas: Urano, Saturno, Marte, Netuno etc.

                Tiveram a experiência de saber como o sol ilumina a Terra. ’’Quando o sol fica em frente da Terra surge a claridade, e quando está do outro lado surge a escuridão, formando o dia e a noite’’, disseram os alunos.

                Eles fizeram um planetário e, por fim, ficaram com muito conhecimento.


Lara Gomes Miguel
Maria Fernanda Elisbão Pinto
Vanessa Andreatta Serafim
Yasmin Chebel de Andrade Vaz
Alunas do 2°Ano do Ciclo II B – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Profissões


        Em outubro de 2015 realizamos uma atividade sobre “Profissões”, como lição de casa, e tivemos que entrevistar nossos parentes; na escola, entrevistamos os funcionários e professores para conhecer como eles realizam suas atividades. Foi muito legal conhecer um pouco de cada profissão entrevistada.

                Conhecemos algumas profissões que não existem mais, pesquisamos em jornais e revistas pessoas realizando suas profissões. Escrevemos sobre uma profissão escolhida e após confeccionamos um cartaz com todas as profissões pesquisadas.


Giovana Fajan Anselmi
Isabella Silva Felisbino
Alunas do 3°Ano B – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Simetria


                Quando é possível dobrar uma figura de modo que as duas partes coincidam, dizemos que ela é uma figura simétrica ou que ela apresenta simetria. A dobra é conhecida como eixo de simetria.

                Essa foi uma das aulas que aprendemos sobre matemática, na qual os alunos do 3° Ano B estudaram sobre a simetria. Vimos que algumas figuras, quando dobradas ao meio, ficam em partes iguais dos dois lados, formando a simetria. Pesquisamos as várias formas de fazer simetria e expusemos no quadro todas elas, como coração, laço, borboleta, ônibus, joaninha, bombom e cachorro.


Giovana Fajan Anselmi
Isabella Silva Felisbino
Alunas do 3°Ano B – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Aulas de Geografia e História


Os alunos do 1° Ano do Ciclo II B estudaram nas aulas de Geografia e História sobre imigrantes e a Cidade de São Bernardo.

                Pesquisamos na Internet, perguntamos para nossos familiares se conheciam alguém na família que vinha de outros países, conhecemos vários locais da nossa cidade através da pesquisa que cada um realizou.

                Confeccionamos cartazes e apresentamos em grupos para todos os alunos da nossa turma.


Giovanna Suhadolnik
Hannah Miriã Joaquim de Araujo
Alunas do 1°Ano do Ciclo II B – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Pintura Indígena


                 Os alunos dos 2°s anos da manhã e tarde conheceram nas aulas de Artes a pintura indígena: a forma de pintura, o grafismo, o tipo de linha, cores, materiais utilizados, assistiram um vídeo de fabricação de vasos indígenas e confeccionaram um vaso com bexigas, cola e papelão, ao invés de argila.

                Também conheceram a Arte Barroca, com a história do Aleijadinho, que conhecendo a profissão do pai, arquiteto e artista plástico, continuou no mesmo ofício crescendo a cada dia junto com o seu pai, trabalhando em igrejas e fazendo esculturas (a maioria das igrejas de Ouro Preto tem a sua participação). Realizaram representações de algumas igrejas em desenhos 3D.
 


Lara Gomes Miguel
Maria Fernanda Elisbão Pinto
Vanessa Andreatta Serafim
Yasmin Chebel de Andrade Vaz
Alunas do 2°Ano do Ciclo II B – participantes do Projeto “Pequenos escritores”

Seminário de Práticas de Sustentabilidade na Rede Escolar

 
                O nosso projeto “Água, até quando?...a gentileza como mudança de comportamento”  foi selecionado para participar do Seminário de Práticas de Sustentabilidade na Rede Escolar

“Minha Escola Cuida da Água”.

                Muitos projetos interessantes e bem sucedidos foram apresentados no dia 16 de novembro de 2015 no CENFORP, mostrando as ações de cada escola e comunidade preocupadas com o uso consciente da água. Nossa escola foi representada pelo projeto do 2° Ano do Ciclo II do período da manhã, que apresentou todas as práticas e ações feitas com seus alunos. “Acredito que todos se sensibilizaram e compreenderam que a água é um bem universal e de responsabilidade de todos. Temos que cuidar para no futuro não faltar.”
 
Prof.ª Rita Bonesso
2° Ano do Ciclo II A

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Dia da Família 2015







No dia 05 de dezembro de 2015, na EMEB Mário de Andrade, houve a atividade do “Dia da Família”.
                As professoras do Infantil da manhã trouxeram uma peça que costumam representar sobre a história da “Dona Baratinha”, da escritora Ana Maria Machado, interagindo com a plateia no momento da apresentação, e o público gostou muito.
                Na biblioteca houve duas representações teatrais. Os alunos do 2° Ano do Ciclo II do período da manhã representaram uma história baseada no livro “O pequeno rei e o parque real”, do escritor Jose Roberto Torero; a turma do 1° Ano do Ciclo II do período da tarde representou as lendas folclóricas estudadas durante o 2° semestre.
                Os 1° anos iniciais da manhã, das professoras Michele e Queli, realizaram oficina de Teatro de Sombras sobre algumas fábulas estudadas durante suas aulas. No dia, as crianças participaram de algumas fábulas exibidas naquele momento e após confeccionaram seus próprios personagens para levar para casa.
                Houve também Contos de Sherazade, jogos de mesa (matemática), confecção de jogo da velha e de peteca.
                Na quadra houve o Jogo da Velha Humano e, para finalizar, famílias e alunos participaram da avaliação do ano, no Laboratório de Informática.
Lara Gomes Miguel
Maria Fernanda Elisbão Pinto
Vanessa Andreatta Serafim
Yasmin Chebel de Andrade Vaz
 
Alunas do 2°Ano do Ciclo II B – participantes do Projeto “Pequenos escritores"

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

A Feira


                  Tudo começou na aula de história: a professora estava falando sobre as comidas que os escravos comiam e uma das coisas era a mandioca. Vários alunos da sala perguntaram à professora o que era mandioca, aí ela teve uma ideia, de levar a gente na feira e lá nós vimos: mandioca, cana de açúcar, temperos, doces caseiros, canela, carnes, molhos, coco seco, alho, massa de tapioca, pimentas, limões, cebolas. Na barraca de miúdos de boi e porco, vimos vários órgãos dos animais que podemos usar como alimentos.

                Levamos algumas amostras de vegetais para a escola e mostramos tudo para o 1° Ano Inicial, pois eles estavam aprendendo sobre alimentos; eles adoraram.

 
Yara Harumi China
Aluna do 2° Ano A do Ciclo II – participante do Projeto “Pequenos escritores”

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Passeio ao Parque Estoril


              No dia 4 de novembro de 2015, os alunos dos 1° Anos do Ciclo Inicial do período da manhã, das professoras Michele e Queli, visitaram o Parque Estoril, no município de São Bernardo do Campo. O dia estava nublado, porém não choveu e os alunos puderam aproveitar bastante.


                Logo que chegaram ao parque, uma equipe de monitores que já os aguardava, fizeram uma grande roda com as crianças e professores para falar um pouco sobre o parque. Explicaram que a vegetação do local é característica da Mata Atlântica e o espaço físico é protegido por lei, ou seja, não se pode construir nada naquele local, nem derrubar árvores ou plantas, ou ocupar o solo com estruturas de concreto.

                Além da vegetação, o parque possui um mini zoológico com espécies animais brasileiras e um viveiro que reúne plantas ornamentais, medicinais e aromáticas.

                Antes mesmo de entrar no viveiro, o monitor apresentou uma imensa Palmeira para as crianças, e seus coquinhos caídos no chão, explicando que os frutos da árvore servem de alimento para alguns animais, como os esquilos, além de ajudar na propagação da espécie, através da sua germinação. Ao entrar, encontraram diferentes plantas medicinais utilizadas em chás, como a hortelã, erva-doce, erva-cidreira; também puderam sentir os aromas do manjericão utilizado em molhos e pizzas; o alecrim e o orégano que fazem parte dos temperos brasileiros.

                 Conheceram mudas da árvore que dão o palmito, um vegetal muito saboroso para recheios de tortas, pastéis, pizzas; o monitor falou sobre a extinção dessa planta: por muitos anos o palmito foi extraído da natureza e não foi replantado; por ser necessário o tombamento da árvore toda para a retirada do vegetal, hoje quase não se encontra mais, sendo substituído por outro vegetal semelhante, denominado palmito pupunha. Do lado de fora do viveiro, viram uma pequena horta, com alface, cebolinha, salsinha, couve, cultivados pelos cuidadores do parque.

                Visitaram o mini zoológico e ficaram eufóricos com os animais que vivem lá. Viram diferentes tipos de macaquinhos, como o Macaco Prego, que leva este nome pelo formato do seu órgão genital e o Macaco Barbudo.

                Outro animal que gostaram muito foi o Mão Pelada, que possui o corpo todo peludo e as patas dianteiras sem pelo, para facilitar seu trabalho na hora de pegar os alimentos nos buracos feitos na terra; ficaram impressionados com o jacaré de papo amarelo, com a jaguatirica, com a jiboia e as corujas; conheceram as antas, veados, araras, papagaios, tucanos, patos, jabutis e mais tantas outras aves.

                Gostaram de saber que todos os animais foram recolhidos da natureza por estarem em situações de risco ou muito doentes. Lá eles são alimentados, medicados e cuidados para que possam voltar à natureza um dia ou simplesmente sobreviver com dignidade. Alguns animais foram retirados da mata ainda bebês, pois perderam as mães, e portanto não tem condições de sobreviver fora do zoológico.

                O passeio foi muito interessante para os alunos e também professoras, que puderam ensinar e aprender em um ambiente rico em saúde e diversidade cultural. Valeu a pena! Esperamos que essas oportunidades tenham maior frequência no currículo escolar.

 

Prof.ª Michele
1° Ano inicial do Ciclo I A

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Convite Dia da Família

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Calendário Dezembro 2015


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO
 
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Aprendendo sobre o Trânsito



                   Durante o mês de outubro os momentos na biblioteca escolar foram marcados por muita informação e ludicidade! As crianças assistiram a um vídeo sobre “Brincadeiras de Rua” e tiveram a oportunidade de conhecer as regras e símbolos que fazem parte do trânsito na cidade através dos livros selecionados sobre o tema.

                Após estarem envolvidos com o assunto, brincaram com a maquete e simularam situações onde as regras puderam ser aplicadas e discutidas; para finalizar, fizeram um lindo trabalho coletivo expondo os conhecimentos adquiridos.



Prof.ª Queli
1° Ano inicial do Ciclo I B