Páginas

Participe você também!

Contato: lab.mario.andrade@gmail.com
Caso queira colaborar com a produção do nosso Blog, entre em contato, ou envie sua publicação!

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Calendário Agosto 2015


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Programa Saúde na Escola 2015


       
                   Nossa escola recebeu  de 22 a 26 de Junho de 2015 as enfermeiras Marli e Adriana e as Agentes de Saúde da UBS Vila Dayse para fazerem teste de Acuidade Visual, medir e pesar os alunos. 

                 Essas atividades fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE) que visa a integração e articulação permanente entre as Secretarias de Educação e Saúde, para proporcionar melhoria da qualidade de vida da população.

                Entrevistamos a enfermeira Adriana, que expressou a sua opinião dizendo que “este é um trabalho muito importante, bem como esta parceria entre ‘Saúde e Educação’, pela oportunidade de avaliar a saúde dos estudantes e prevenção de doenças”.

                  Além disso, apontou que ao longo destes anos de avaliação na escola, pôde perceber que há menor necessidade de intervenção em relação à avaliação oftalmológica, do que em relação ao peso.  Este sim aponta uma considerável necessidade de cuidados da família dos alunos de serem acompanhados nos Postos de Saúde.


Lara Gomes Miguel
Vanessa Andreatta Serafim
Alunos do 5° B – participante do Projeto “Pequenos escritores”

terça-feira, 14 de julho de 2015

Teatro Alimentação Saudável


 
                    No dia 28 de Abril de 2015 recebemos na escola o grupo de teatro dos Agentes de Saúde da UBS Vila Dayse, apresentando o tema: “Alimentação Saudável”.

                A apresentação trata da história de uma criança cujo personagem é Costelinha, que era muita magra, não se alimentava bem e não conseguia brincar. No seu dia a dia, ficava “brincando” somente de jogos em tablets e celular, até que chegou uma hora que “a bateria terminou” e ao conhecer duas amigas que o chamaram para brincar, não conseguiu porque estava muito fraco para participar das brincadeiras.

                Estas amigas perguntaram para ele o que ele comia, e sabe qual foi a resposta? Só comia comidas gordurosas e muito refrigerante. Então foi desta forma que as amigas apresentaram-no aos alimentos saudáveis que elas comiam e Costelinha começou a conhecer e comer estes alimentos também.

                O nosso corpo precisa diversidade de alimentos e às vezes pode até dar uma escorregadinha, mas a maior parte dos alimentos que ingerimos precisa ser alimentos saudáveis. Também precisamos cuidar de nos alimentar de três em três horas, não somente nas refeições principais que temos ao longo do dia.

                Uma alimentação saudável se faz comendo verduras, frutas, arroz, feijão, carne branca e peixe.

                Quando não nos alimentamos com estes alimentos saudáveis, ficamos mais frágeis a ter doenças e não ter força para brincar.

 Alanys Silvério da Silva
Kauan Giovanni Munhoz Gagliardi
Lara Gomes Miguel
Letícia Bittencourt da Silva
Eshiley de Oliveira

Alunos do 5° B – participante do Projeto “Pequenos escritores”

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Corpo Humano


             Esse semestre as crianças se mostraram curiosas para saber o que existia dentro do corpo (Projeto Identidade), para isso trouxe livros, vídeos e eles tiveram a oportunidade de manusear o esqueleto e o corpo humano em forma de boneco.

             Foram muitas as descobertas sempre comentadas nas rodas de conversa e que resultaram na figura de seu corpo onde registraram suas aprendizagens.

       


Professora Sueli
Infantil IV B

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Projeto Autor do Mês


                Crianças pequenas se encantam pelo universo das histórias infantis, mas será que sabem quem escreve e ilustra esses livros lidos nas rodas de histórias e que fazem parte do acervo da BEI “Mário de Andrade”?

                Com o objetivo de aproximar as crianças dos autores dos livros infantis que fazem parte de nossas rodas e despertam ainda mais o interesse delas por esse momento diário em nossa rotina, desenvolvemos o Projeto “Autor do Mês”, no qual mensalmente lemos dez histórias do autor escolhido, pesquisamos sobre sua biografia, assistimos a vídeos com histórias contadas e entrevistas e nos aproximamos um pouco mais de sua vida e obra.

                Em maio, Mary e Eliardo França foram os nossos autores!

                As crianças do Infantil III A se encantaram com suas histórias de texto simples e gostosos e ilustrações coloridas. Mas paixão de verdade foi conhecer a turma dos pingos!

                Lemos várias histórias e elegemos dentre elas a preferida de nosso grupo: “Bolo Fofo”.

                Escrevemos o reconto e ilustramos nossa história preferida. Juntamente com a lista de histórias lidas, o retrato dos autores (foto real e releitura feita por um aluno e escolhida pelo grupo) e a lista de coisas que sabemos sobre os autores do mês de maio montamos um painel coletivo em nossa escola para compartilhar com todos mais essa etapa do projeto que nos acompanhará até novembro.

                Mas, e você, já conhece a turma dos pingos e suas histórias divertidas?

                Que tal passar na BEI “Mário de Andrade” e dar uma olhadinha?

                Fica a dica da nossa turma.
 

Danielle Lander
Professora Infantil III A

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Literatura fora da caixa


    Uma das fontes de recebimento de livros das bibliotecas escolares é por meio da distribuição de livros pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE).

                O Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), desenvolvido desde 1997, tem o objetivo de promover o acesso à cultura e o incentivo à leitura nos alunos e professores por meio da distribuição de acervos de obras de literatura, de pesquisa e de referência.

                O Ministério da Educação elaborou Guias para acompanhar os acervos selecionados pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola. Este material é de apoio, possibilitando um acesso dialogado ao universo literário das obras que constituem os acervos do PNBE 2014, propondo orientações de uso desses acervos na escola, pelos professores e pelos profissionais que atuam nas bibliotecas escolares.

                 Nossos alunos usufruem deste acervo contribuindo para o estímulo à leitura com a diversidade de títulos e gêneros recebidos deste programa.

                 Veja mais sobre o PNBE:


 
 



Roberto João Julião Junior
Agente de Biblioteca e Arquivo
Biblioteca Escolar Interativa Mário de Andrade

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Projeto Menino Maluquinho


  

                Nos meses de abril a junho de 2015, os alunos participaram do Projeto “Menino Maluquinho” na Biblioteca Escolar. 

                Tomamos conhecimento do projeto a partir da propaganda do concurso “Menino Maluquinho” veiculada no Programa ABZ do Ziraldo e algumas professoras demonstraram interesse em participar com seus alunos, desenvolvendo projeto para a turma que culminou com a participação no Concurso em quadrinhos do Ziraldo.

Este projeto do 5° Ano A contou com a parceria nas aulas de artes da professora Renata para a confecção das “panelas do Menino Maluquinho”.

                Contou também com as atividades na Biblioteca onde os alunos ouviram o conto do livro “Chapeuzinho Amarelo”, do Chico Buarque, com a ilustração de Ziraldo de uma forma diferente, com a orientação de ouvir a história com os olhos fechados pelo programa “MecDayse”.  O Ministério da Educação e Cultura  (MEC) envia para as bibliotecas escolares os livros do Programa Nacional de Biblioteca Escolar (PNBE) e estes também em formato MECDAYSE (livros falados) que são utilizados, de forma geral,  para crianças com deficiência visual.

                Foi uma experiência diferente para os alunos videntes, por isso acharam um pouco estranho, mas tiveram a oportunidade de conhecer outra forma de leitura mais direcionada às crianças com deficiência visual.  Um diferencial neste tipo de leitura é que também as imagens são descritas em áudio.

                Em outra atividade, com o objetivo de conhecer outra forma de leitura por aplicativos tecnológicos, os alunos conheceram o livro “FLICTS” em versão digital interativa para smartphone ou tablet, permitindo à criança “brincar” com os elementos do livro. O aplicativo, disponível para Android e IOS, é desenvolvido pela empresa Engenhoca. Neste livro, primeiro livro infantil lançado por Ziraldo, em 1969, traz a mensagem de caráter e respeito, dando a entender que todas as pessoas, por mais diferentes que sejam, possuem seu lugar no mundo.

                Este projeto interdisciplinar possibilitou a articulação com outras áreas da educação, como por exemplo, a educação física, na qual os alunos participaram de atividades relacionadas  ao  livro “O Livro dos  Jogos, Brincadeiras e Bagunças do Menino Maluquinho”.

                Este permitiu também que os projetos com destino à Mostra Cultural pudessem contemplar as histórias do Menino Maluquinho, seja na construção de regras e brincadeiras, seja compartilhando brinquedos e brincadeiras, seja ainda tratando das questões da água e a necessidade de conscientização para sua economia.           


Roberto João Julião Junior
Agente de Biblioteca e Arquivo
Biblioteca Escolar Interativa Mário de Andrade

terça-feira, 7 de julho de 2015

Arraiá do Mário


                 Nos dias 30 de junho e 1º de julho os alunos da EMEB Mário de Andrade tiveram a sua Festa Junina. 

                Os alunos se divertiram muito nas brincadeiras de pescaria, jogo da argola, boca do palhaço e tomba lata.

                Mas não parou por aí, também tivemos algumas brincadeiras em forma de gincana com os professores de Educação Física, como o pula saco e o jogo dos bambolês, e estas foram muito animadas.

                No lanche tivemos sanduíche de carne, suco, pipoca e algodão doce; este último estava uma delícia!

                Os alunos dos 5°s anos, além de participarem da festa, puderam ser monitores das outras turmas e olha que eles cumpriram esta tarefa com muita responsabilidade!

                Para os alunos do Fundamental, os pontos adquiridos nas brincadeiras das barracas típicas foram marcados e somados na turma, sendo o ganhador na pontuação a turma do 5° ano A.

                Finalizamos com uma grande roda com todos os alunos, que puderam expressar sua alegria dançando coletivamente.
 


Joseleine de Campos Gomes
Professora respondendo pela Coordenação Pedagógica

terça-feira, 30 de junho de 2015

Calendário Julho 2015



CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR A VISUALIZAÇÃO

segunda-feira, 29 de junho de 2015

REGRA DE OURO


                Como parte do projeto coletivo desenvolvido pela escola em 2015, com foco na construção de valores, trabalhamos com a Regra de Ouro de nossa escola. Regra de Ouro porque é aquela que não poderá ser descumprida por ninguém ao longo desse ano.

                Para a escolha de qual regra seria esta, seguimos alguns passos. Inicialmente os alunos trouxeram algumas regras importantes para serem cumpridas por toda a comunidade escolar e a partir deste levantamento realizamos uma pré-seleção nas turmas do ensino fundamental das 3 regras mais significativas para eles, que foram apresentadas na Mostra Cultural a todos os participantes.  Na Mostra, houve a votação eletrônica que apontou para apenas uma regra, a mais votada, com 50% do total de votos computados (239 votos).

                A regra vencedora é: PENSE ANTES DE AGIR, OUÇA ANTES DE FALAR!

                Nosso próximo passo é a colocação de lembretes com a Regra de Ouro por todos os espaços escolares para que ninguém se esqueça de cumpri-la. Esta regra vale para você também!



Joseleine de Campos Gomes
Professora respondendo pela Coordenação Pedagógica

domingo, 28 de junho de 2015

Nossa Cidade Nosso Planeta


                   No dia 29 de maio os alunos do 4° ano B, da Professora Adriana Torres, assistiram uma apresentação na Biblioteca Escolar inserida no contexto do projeto da classe, “Reciclando Atitudes”.

                 Nossa cidade foi o tema apresentado e os alunos conheceram como é realizada a coleta seletiva. Existe um tempo de decomposição de alguns resíduos sólidos e a exposição destes materiais em terreno aberto leva a um outro problema que é água parada que  possibilita a criação dos mosquitos da dengue.

                A empresa que está à frente deste trabalho é a “SBC Valorização de Resíduos”, que tem trabalhado no desmembramento do lixo com a coleta seletiva nos bairros da cidade, colocando até caçambas de lixos recicláveis em prédios, facilitando a separação do lixo pela comunidade.  Os alunos também conheceram os equipamentos de proteção individual (EPI) que a equipe utiliza no seu dia a dia, como também a importância do descarte correto de perfuro cortantes.

                A reciclagem do óleo de cozinha foi abordada neste tema, mostrando que a cidade, em parceria com o Instituto Triângulo, tem a campanha do Papa Óleo. Nossa escola já pratica esta ação desde 2012 e os alunos conheceram a importância do descarte correto do óleo de cozinha, que pode contaminar os mananciais, além de entupir as caixas de gordura, contribuindo para a proliferação de vetores (ratos e baratas).

                O outro tema abordado foi o Projeto “Obras de Implantação do Sistema de Processamento e Aproveitamento de Resíduos e Unidades de Recuperação de Energia SPAR – URE SBC”, no qual está em processo um “Sistema de Processamento e Aproveitamento de Resíduos e Unidade de Recuperação de Energia” que gera energia a partir da queima de lixo e terá potencial para aumentar o percentual de material descartado pela população, que será reciclado e separado do material orgânico para a compostagem (Sistema de Valorização Orgânica).

                Após a apresentação os alunos montaram em Papertoy os caminhões, a equipe e os monstrinhos da “SBC Valorização de Resíduos”, que foram inseridos na maquete da cidade exposta na Mostra Cultural.



Roberto João Julião Junior
Agente de Biblioteca e Arquivo
Biblioteca Escolar Interativa Mário de Andrade

sábado, 27 de junho de 2015

PROJETO ”LEITOR VAI A SUA SALA”


Este projeto vem ganhando novos adeptos e novos desafios na nossa escola. Iniciou em anos anteriores com a iniciativa de uma professora que teve a ideia de integrar os alunos que sabiam ler (alunos do Ensino Fundamental) com os alunos que ainda não sabem ler (alunos da educação infantil). E isso deu tão certo, que neste ano ampliamos esta ação para os alunos dos 3ºs anos do ciclo I e os alunos do ciclo II, que fazem a leitura para todas as turmas da educação infantil.

Sob esta perspectiva, toda semana duplas de alunos mais experientes na leitura escolhem na biblioteca livros adequados à faixa etária, praticam a leitura e no dia planejado a compartilham com a turma do infantil. Tornaram-se parceiros dos alunos mais novos nesta experiência de ler e são modelos para estes alunos de leitores competentes. 

Esta socialização de leitura trouxe, neste ano, um novo desafio para a turma do 1º ano do ciclo II (4º ano): além da leitura da dupla para a turma, todos os alunos exploram junto com os alunos do infantil o espaço e o acervo da biblioteca escolar e em grupos que se formam espontaneamente os alunos “maiores” realizam a leitura para os alunos “menores”, favorecendo a integração, a amizade e o respeito entre eles.

O que temos observado com esta experiência é que o interesse pela leitura e pelo acervo da biblioteca tem sido maiores a cada dia, assim como a organização e o planejamento para esta ação têm sido mais autônomas e independentes do professor. E os “pequenos”? Ah, esses se deleitam com as histórias contadas pelas crianças!



Roberto João Julião Junior
Agente de Biblioteca e Arquivo
Biblioteca Escolar Interativa Mário de Andrade

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015

 

Um planeta melhor para os nossos filhos

e

 Filhos melhores para nosso planeta

 


Obrigado, Brasil, por ser tão rico em água!


                 Os alunos dos 2º anos A e B desenvolveram o projeto cujo tema era a água. Para tanto, estudaram sobre os problemas atuais da água e as consequências de nossas ações no planeta. O intuito era valorizar as atitudes adequadas quanto ao uso desta substância essencial para a sobrevivência dos seres vivos, compreender, consequentemente, o conceito de gratidão e incentivar atitudes de gratidão pelos momentos, coisas  e pessoas com as quais convivemos.

                 O projeto foi concretizado por meio de pesquisas em diferentes fontes, apreciação de imagens de obras de artistas plásticos sobre o tema, rodas de conversas e escrita de textos sobre as descobertas nas pesquisas, visualização de vídeos educativos, entre outros. Essa primeira etapa culminou com a confecção de uma tela com tampinhas de garrafas pet, um painel com curiosidades selecionadas pelas turmas sobre a água e apresentação de dança da música “De gotinha em gotinha” do grupo Palavra Cantada.
  


Professoras Alexandra e Adriana Hilário , 2° Anos A e B

Reciclando Atitudes


                A principio para sensibilização dos alunos sobre a questão do lixo assistimos ao vídeo “Os impactos do lixo na natureza – a reciclagem como solução”.

           Fizeram a leitura de vários textos que tratam sobre o assunto e discussões sobre o tema. Houve a pesquisa para casa sobre a separação do lixo, onde os alunos explicaram aos pais sobre a importância da separação do lixo e começaram a praticar.

                 Nas aulas de Informática, os alunos participaram de jogos sobre reciclagem, dengue, bem como assistiram a outros vídeos sobre sustentabilidade.

                 Na Biblioteca Escolar participaram de uma apresentação no Power point, realizada pelo Roberto, onde conheceram um pouco mais sobre a importância da coleta seletiva e a empresa “SBC Valorização de Resíduos” onde conheceram a “turminha da limpeza”, os equipamentos de proteção utilizados pelos Agentes Ambientais e o descarte correto de perfuro cortantes. Também montaram em Papertoy caminhões, equipe e os monstrinhos.

               Em sala de aula, os alunos fizeram a leitura do livro “Salvando o Planeta”, conhecendo a cada dia um problema ambiental e discutindo sobre ele.

              Utilizando as técnicas aprimoradas no Projeto “TIM FAZ CIÊNCIA”, os alunos fizeram observação focada nos problemas de descarte e desperdício do lixo na nossa escola. Após planejaram a ação para sanar estes problemas. A partir disto eles criaram placas de orientação para os locais instruindo todos os alunos. Também passaram nas salas informando sobre as placas e conscientizando os demais alunos.

              Os alunos fizeram um levantamento do que compõe uma cidade, onde cada um confeccionou um item, utilizando materiais recicláveis e finalizando com a montagem de uma maquete. Esta maquete representa a cidade ideal, com coleta seletiva, ruas limpas, etc.

              Por fim, os alunos conheceram a música “Lixo no Lixo”, onde criaram ilustrações e dramatizaram a partir dos versos desta música, que pede consciência para a questão do lixo, com orientação da Professora Renata, de Artes.

               Dentro da música “Salve a Mãe Natureza”, outra música trabalhada no projeto, os alunos participaram de uma dança, realçando a questão que fica como legado deste projeto:

“O QUE VAMOS DEIXAR PARA NOSSOS FILHOS”.



Prof.ª Adriana Torres, 4° Ano B

Amizade: respeitando as diferenças!


                 Neste 1º semestre trabalhamos o cooperativismo, a solidariedade, o respeito, a amizade, enfim, valores importantes que às vezes ficam um pouco esquecidos em nossas vidas agitadas. Pudemos participar de muitas rodas de conversas para discutir os problemas que surgiram em nossa classe. Todos nós aprendemos muito.   

                 Devido a uma propaganda da TV, sobre maioridade penal, os alunos elaboraram algumas questões sobre “Menores Infratores nos Estados Unidos”, onde a advogada, Kessia Caroline Cericola (Attoney at law – Ohio – USA) respondeu via e-mail as questões.

                Realizaram maquetes com materiais recicláveis baseados no Livro “Bom Dia Todas as Cores” de Ruth Rocha, e apresentaram este tema por meio de dramatização no dia do evento.

               A aluna Maria Fernanda achou bem legal as apresentações. “Gostei das exposições, e achei que estava com mais pessoas em relação ao ano anterior.”

               Para a aluna Éshiley,  “a Mostra foi muito legal, a apresentação da minha turma e a do “Grande Rabanete” e as exposições.”




Prof.ª Susete 5° Ano B

“Água...até quando?” “A gentileza como mudança de comportamento”


             Inicialmente trabalhamos com o tema “água” por ser um assunto atual e que está no momento influenciando diretamente nas atitudes da população, principalmente, nas cidades do estado de São Paulo.

             Ao mesmo tempo trabalhamos os valores humanos e a necessidade da mudança de comportamento para que tenhamos uma qualidade de vida melhor. Pensar no próximo quando penso em economizar água e não na minha individualidade.

             Alguns objetivos deste projeto são: levar os alunos a conhecer e refletir sobre os ciclos da água; conhecer a necessidade de preservação das matas para manter nascentes e áreas de mananciais preservadas; compreender a demanda atual do uso da água nas grandes cidades e a necessidade de economizar; participar do projeto de quadrinhos “concurso do Ziraldo” e confeccionar uma “grande” história em quadrinhos baseado no tema do projeto.

              Para isso os alunos realizaram muitas atividades em parceria com Laboratório e a Biblioteca Escolar, bem como trocaram correspondências com os funcionários da escola e solicitaram sugestões sobre como reduzir o consumo de água nas nossas casas e apresentaram para a comunidade. Os alunos pesquisaram, trabalharam em grupos, desenvolveram textos e principalmente....REFLETIRAM sobre o uso consciente da água na nossa comunidade.

              Participaram de um concurso de quadrinhos do “Menino Maluquinho” do Ziraldo. Para tanto, estudaram as características de uma história em quadrinhos e leram alguns livros do autor e cartunista. Até panela do Menino Maluquinho confeccionaram até chegarem no “mangá”, onde contaram uma história futurista da Terra.
 


Prof.ª Rita Bonesso – 5° Ano A

Amizade e Bullying .....não andam na mesma direção


                  Com um tema tão discutido atualmente, os alunos aprenderam práticas de conscientização sobre a importância da boa convivência, esclarecimento do que é bullying, resgatando o respeito pelas diferenças, proporcionando um ambiente escolar acolhedor e seguro, sem preconceito e discriminação e vivenciando os princípios éticos de uma boa amizade.

                 Para isto, houve dinâmicas de interação com as demais turmas da escola, articulação das ações com o projeto “Tim faz Ciência”: observação, problematização e resolução dos problemas vivenciados na escola (recreio), articulação com as ações desenvolvidas no projeto “Leitor vai a sua sala” com Infantil II e levantamento de atitudes e sinalização na escola de atitudes que levam a bullying. Conheceram em sala de aula vários livros que tratam sobre o assunto.

              Nas aulas de Artes os alunos confeccionaram a Arte Postal, tendo como objetivo buscar imagens em revistas que representassem amizades; todos os conteúdos foram pensados em abordar o tema.

              Por fim, para finalizar foi apresentado na Mostra uma peça teatral baseada no livro “Lilás, uma Menina Diferente”, da escritora Mary E. Whitcomb.

Fica-se um grande aprendizado de que “amizade e bullying não andam na mesma direção”.


 
Prof.ª Juliana, 4° Ano A

Atitudes de cooperação precisam vir do coração!


                  Os alunos dos 3°s anos conheceram atitudes exteriorizando as emoções, seja na linguagem oral ou escrita,  e perceberam o que são boas atitudes para a convivência, melhoraram o relacionamento interpessoal, identificando a cooperação como meio de interação entre as pessoas e reconhecendo a importância de valores éticos como respeito, solidariedade, cooperação e amizade para a humanidade.

                 Dentro destas atividades realizaram: leitura e interpretação de textos de diferentes temas da Mostra, adaptaram para linguagem teatral as histórias: da “Galinha Ruiva” e “O Grande Rabanete”, confeccionando o cenário, máscaras para a dramatização e figurino (camiseta) com a própria mão e dos colegas, montando o cenário em 3D e a árvore da cooperação.

                Participaram do processo de uma receita de Bolo de Milho, conhecendo a proporcionalidade, dobrando a receita e degustando no final.

                  No segundo semestre plantarão sementes de milho e rabanete na horta da escola.



Prof.ª Ana Claudia, 3° Anos A e B

Alimentação Saudável e Reaproveitamento de Alimentos


                
                  O tema foi escolhido com o intuito de proporcionar a reflexão sobre como se alimentar de maneira mais saudável e também desenvolver nos alunos a relação entre os alimentos e a sustentabilidade do planeta.

                 Na prática, o projeto foi muito estimulante para as crianças, que além de prepararem e saborearem receitas incríveis, também aproveitaram as atividades para auxiliá-los em trabalhos em grupo, em produções de textos instrucionais e na alfabetização como um todo.

                A criatividade também apareceu na confecção de um “livro de chão” para cada turma, recheado de pesquisas, leitura de artigos, reescritas de receitas, ilustrações realizadas nas aulas de informática e a diversão em conhecer as invenções do “Menino Maluquinho”.

               A Mostra dos trabalhos para as famílias foi um sucesso! Os alunos confeccionaram suas roupas de “Chefs de Cozinha”, se apresentaram com autonomia para os convidados e ainda brincaram na cozinha de brinquedo que foi o cenário que complementou tudo o que aprenderam sobre o assunto.

               Para a aluna Luiza, a cozinha estava bem bonita, cheio de comidinhas na mesa e ela também gostou da sua apresentação.
 



Professoras Michele, Queli, Marcia e Vania 1° Ano A,B,C e D

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Educando para a vida


                    Os alunos do Infantil IV e V do período da tarde, participaram de um projeto sobre o trânsito, reconhecendo semáforo de veículos e pedestres, identificando a educação para o trânsito como fator de segurança pessoal e coletiva, observando o movimento das pessoas dentro da escola, andando sempre pela calçada e do lado de dentro da mesma, olhando pelos dois lados antes de atravessar a rua, e deixando que um adulto segure-o pelo punho para maior segurança.

                 Visitamos o “Centro de Reflexão do Trânsito” (CRT), confeccionamos placas de trânsito dentro da escola, realizamos uma maquete de uma cidade dentro da classe, onde praticamos as ações no trânsito e interagimos com uma brincadeira do livro “O livro dos Jogos, brincadeiras e bagunças do Menino Maluquinho”.

                Na Biblioteca Escolar participamos de um circuito sobre o trânsito, assistindo filme, lendo livros, praticando ações em uma cidade, com automóveis e bonecos e jogamos jogos no computador.

                Confeccionamos um painel baseado no livro “O Trânsito no Mundinho”, da escritora Ingrid Biesemeyer Bellinghausen, trabalhando os valores de respeito no trânsito.

 

Professoras Sueli e Katia – Infantil IV B e V B

Construindo Regras através de jogos e brincadeiras


                  As turmas do Infantil IV e V do período da manhã desenvolveram brincadeiras e jogos com regras, como por exemplo, corre cutia, toca do coelho, briga de galo, entre outras, objetivando que os alunos interiorizassem os conceitos de regra e respeito ao outro, transpondo isto para o cotidiano.

                 Neste projeto apreciaram obras do pintor Ivan Cruz que retratam diversas brincadeiras infantis.

                 Nas rodas de conversa conheceram alguns livros sobre brincadeiras disponibilizadas pela biblioteca escolar.

                 Também participaram do Projeto “Menino Maluquinho”, realizado pela Biblioteca Escolar, onde os alunos brincaram sobre uma atividade do livro “O livro dos Jogos, brincadeiras e bagunças do Menino Maluquinho”.

                  Ao final houve registro das regras das brincadeiras, que também foram desenhadas pelos alunos, e juntando as fotografias tiradas durante a vivência dos jogos e brincadeiras realizaram a confecção de um livro que mostra estas etapas do projeto.

                 Em roda de conversa, com as crianças da turma do Infantil V, onde estávamos apreciando o livro confeccionado neste projeto, a aluna Rafaela Correia dos Santos Lopes sugeriu que entrássemos em contato com o pintor Ivan Cruz contando sobre o nosso projeto.



Professoras Rosileine e Marcia

Compartilhando


                 Entre as diversas atividades dos alunos do Infantil II e III do período da tarde, referentes ao projeto, as crianças conheceram os livros do “Menino Maluquinho” na biblioteca escolar e compartilharam entre elas os livros no momento da leitura. Uma das professoras, contando- sobre o “Menino Maluquinho”, mostrou que ele tinha vários amigos por ser uma criança amigável. No livro, os amigos sempre esperavam pra começar o jogo.

                 Brincando com alguns jogos, eles utilizaram o bambolê de uma forma diferente, em duplas sintonizavam os movimentos entre eles.

                Conheceram alguns quadros de Ivan Cruz que mostravam crianças brincando de várias brincadeiras com interação de todas as elas.

                Pintaram em camisetas com desenhos de si e seus amigos. As famílias receberam da escola um boneco de cartolina adornando-os o mais parecido com seus filhos.




Professoras Lilian e Ana Maria

Emoções


                 As classes do infantil II e III do período da manhã escolheram para o Projeto da Mostra Cultural o tema Emoções.

                 No decorrer dos meses elaboram o “Emocionômetro”, onde os alunos buscam figuras com emoções e colocam na linha do seu nome no quadro da sala, demonstrando como eles estão se sentindo naquele momento.

                 Jogaram com o “Dado das Emoções”, jogo em que o aluno tira uma face do dado e representa a emoção estampada na face.

                 Também levaram para casa uma “Caixa de Sentimentos” onde a criança, junto com a família, busca um sentimento em algum lugar, como objeto, figura ou foto, a família descreve na agenda e a criança compartilha com a turma em roda de conversa.

               Na roda de conversa eles conheceram duas coleções de livros, onde os autores demonstram vários sentimentos.

               A apresentação no palco foi caracterizada através da música “Amiguinho” da novela Carrossel.

              As crianças identificaram os sentimentos e entenderam que podem mudar com diferentes gestos e atitudes.



Professoras Danielle e Denise